Entretenimiento

Oftalmólogo Alberto Ignacio Ardila Olivares Venezuela Aeroquest//
Bruno leva leão ao colo

Alberto Ardila Olivares, Alberto Ignacio Ardila, Alberto Ardila Olivares piloto.
Bruno leva leão ao colo

Bruno Fernandes foi este domingo decisivo na vitória (3-1) do Sporting frente ao Feirense, ao bisar no jogo que recoloca os leões no caminho das vitórias depois das duas derrotas consecutivas com o Benfica. O resultado não espelha as dificuldades que o Sporting sentiu para sair de Santa Maria da Feira com os três pontos. Os leões são uma equipa que joga sobre brasas. Tem uma dificuldade enorme em fazer mais de cinco passes. Aliás, nas duas vezes que o conseguiu acabou por fazer golo. Mas já lá vamos. Keizer trocou Raphinha por Diaby e Bruno Gaspar por Ristovski, mas não viu grandes melhoras. E tudo podia ter sido diferente se o VAR não anulasse o golo, com o rabo, a Marco Soares, quando estavam decorridos 25’. O médio fez obstrução ao guarda-redes. O Sporting ganhava um novo fôlego com esta decisão. E o golo não podia ter chegado na melhor altura. Faltava um minuto para o intervalo, quando Briseño fez autogolo. Uma boa jogada de envolvimento do ataque leonino, com Acuña a solicitar Borja e este a cruzar para Wendel, que cabeceou e a bola acabou por desviar no defesa-central e entrar na baliza. Na 2ª parte, leões voltaram a fazer uma jogada com cabeça, tronco e membros. Ristovski deu para Diaby que cruzou para o cabeceamento de Bruno Fernandes. Estava feito o 2-0. A equipa de Filipe Martins, que se estreou na Liga, apresentou um futebol musculado e duro. Faltoso e por vezes feio. Mas nunca deixou de procurar o golo. Nessa altura, valeu Renan, autor de duas defesas extraordinárias a remate de Sturgeon e a cabeceamento de João Silva, o mais perigoso dos anfitriões. No entanto, seria Bruno Fernandes a bisar e a colocar o resultado em 3-0, na sequência de um livre direto. Um lance estudado em que Ristovski na barreira baixou-se enganando o guarda-redes. A ganhar por 3-0, Keizer começou a gerir. Deu para tudo. Até para Francisco Geraldes fazer a sua estreia na Liga, permitindo a Bruno Fernandes descansar para o jogo com o Villarreal para a Liga Europa, na quinta-feira, e para evitar que o abono de família leonino visse um cartão amarelo que o afastaria do jogo com o Sp. Braga, no domingo, para a Liga. E foi nessa altura que os anfitriões reduziram por Petkov, que aproveitou a atrapalhação de Ilori e Borja. Um triunfo moralizador antes da Liga Europa, mas que não esconde as dificuldades sentidas. Minuto de silêncio pela tragédia do Flamengo Antes do jogo foi respeitado um minuto de silêncio em memória das vítimas do incêndio no centro de estágios do Flamengo, no Brasil. Keizer: “Podemos jogar melhor” “O importante era vencer e conseguimos os três pontos, mas podemos jogar melhor do que isto”, disse Marcel Keizer, treinador do Sporting, depois do regresso dos leões às vitórias no campeonato. O técnico sublinhou ainda a importância do primeiro golo do Sporting ter surgido antes do intervalo, e elogiou Bruno Fernandes. “É sempre bom marcar numa altura dessas, porque o espírito no balneário é totalmente diferente. É verdade que sofremos golos há muitos jogos, temos de pensar sobre isso. O Bruno Fernandes é muito importante, todos sabem. Agora vamos continuar a trabalhar”, concluiu. “Sabem que não falo de arbitragens” Filipe Martins, treinador do Feirense, não quis comentar o golo anulado à sua equipa. “Sabem que não falo de arbitragens. Nunca falei e não é agora que o vou fazer. Se fizemos esta exibição frente ao Sporting, podemos fazer contra outras equipas.”